Acessibilidade e SIG no planeamento em saúde: uma abordagem baseada em modelos de alocação-localização

Ribeiro, Vítor; Remoaldo, Paula; Gutiérrez Puebla, Javier y Cadima Ribeiro, J. (2015). Acessibilidade e SIG no planeamento em saúde: uma abordagem baseada em modelos de alocação-localização. "Revista portuguesa de estudos regionais" (n. 38); pp. 1-16. ISSN 1645-586X.

Descripción

Título: Acessibilidade e SIG no planeamento em saúde: uma abordagem baseada em modelos de alocação-localização
Autor/es:
  • Ribeiro, Vítor
  • Remoaldo, Paula
  • Gutiérrez Puebla, Javier
  • Cadima Ribeiro, J.
Tipo de Documento: Artículo
Título del Evento: NIPE - Artigos em Revistas de Circulação Internacional com Arbitragem Científica
Lugar del Evento: Coimbra, Portugal
Título de Revista/Publicación: Revista portuguesa de estudos regionais
Fecha: 2015
Materias:
Palabras Clave Informales: Transportes, Acessibilidade, Planeamento em Saúde, SIG = Transport, Accessibility, Health Care Planning, GIS
Escuela: Centro de Investigación del Transporte (TRANSyT) (UPM)
Departamento: Otro
Licencias Creative Commons: Reconocimiento - Sin obra derivada - No comercial

Texto completo

[img]
Vista Previa
PDF (Document Portable Format) - Se necesita un visor de ficheros PDF, como GSview, Xpdf o Adobe Acrobat Reader
Descargar (1MB) | Vista Previa

Resumen

As políticas e as práticas de planeamento em saúde devera promover o acesso aos cuidados de saúde primarios, urna área na qual a distribuicao dos equipamentos e a acessibilidade da populacáo assumem particular relevancia. O sistema de saúde deve proporcionar níveis de acessibilidade adequados a cada grupo funcional, particularmente nos territorios dotados de urna populacáo mais envelhecida. O aumento do número de idosos torna mais premente o papel que as políticas públicas de saúde podem ter na reducáo das desigualdades em saúde. Neste artigo, pretende-se avahar o contributo dos modelos de localizacao para a identificacao da localizacao mais adequada das unidades de cuidados de saúde primarios e comparar como variam os níveis de acessibilidade entre as solucóes propostas pelos varios modelos. Da aplicacao conduzida retirou-se que estas solucóes permitem obter ganhos em termos de acessibilidade, melhorando a proximidade entre os equipamentos e os utentes. ABSTRACT The health system should be endowed with adequate accessibility levels to each functional population cohort it envisages to serve. In the case we are before higher levels of elder population, those health necessities increase. The location of health facilities should have in mind the demographic structure of each territory. Accordingly, the increase of elder people turns more needed public health policies addressed to mitigate social exclusion processes that can occur. Health public policies and planning practices should promote accessibility to primary health care facilities. In such a context, the location of those facilities and its accessibility have a particular importance. In this article, we envisage to evaluate the contribution of the location models to identify the more adequate locations of the health facilities and to check how the accessibility levels vary according to the results obtained from those models.

Más información

ID de Registro: 38911
Identificador DC: http://oa.upm.es/38911/
Identificador OAI: oai:oa.upm.es:38911
URL Oficial: http://www.apdr.pt/siterper/pt/revista.html
Depositado por: Memoria Investigacion
Depositado el: 08 Jun 2017 07:35
Ultima Modificación: 08 Jun 2017 07:35
  • Open Access
  • Open Access
  • Sherpa-Romeo
    Compruebe si la revista anglosajona en la que ha publicado un artículo permite también su publicación en abierto.
  • Dulcinea
    Compruebe si la revista española en la que ha publicado un artículo permite también su publicación en abierto.
  • Recolecta
  • e-ciencia
  • Observatorio I+D+i UPM
  • OpenCourseWare UPM